Make your own free website on Tripod.com

 

Transformers (ki-ki-kukuku-ki)


tflogo.gif (18808 bytes)

* A histórias dos Transformers
*
Curiosidades Curiosas

A HISTÓRIA DOS TRANSFORMERS

Bem, como todos sabem (quem não sabe vai ficar sabendo), a Globo não transmitiu todos os episódios dos Transformers, principalmente os do 3o. e 4o. ano. São nessas últimas temporadas que várias questões são respondidas sobre os Transformers, sua origem, etc. Bem, aqui vai:

Há muito mais tempo que se possa imaginar (usando uma frase de efeito de um dos gibis dos Transformers: "Uma raça antiga em um universo ainda novo"), um ser conhecido como Quintesson criou uma raça de seres robóticos, para servir a ele apenas. Não tinham nome, e se divindia em duas facções: uma guerreira, para servir a loucura pela dominação de Quintesson ,e a outra, operária, que transformava os sonhos de Quintesson em realidade. Vários séculos se passaram, até que, cansados de serem dominados, os robôs operários e os robôs guerreiros se uniram para dar fim à tirania de Qunitesson, expulsando-o do planeta em que habitavam, Cybertron.cyber.jpg (18507 bytes)

Ao final desta guerra, chamada 1a Guerra Cybertroniana, os robôs guerreiros tentaram tomar o poder, já que eram mais fortes e tinham mais treinamento de guerra. Os robôs operários se opuseram. Deste instante estava formada as duas facções existentes em Cybertron; os Autobots (operários) e os Decepticons (guerreiros). Outra guerra se iniciara pelo controle.Esta nova batalha foi chamada de 2a. Guerra Cybertroniana. De um lado, os Autobots tnetando impedir a total dominação, de outro, os Decepticons vencendo cada vez mais batalhas, devido ao seu conhecimento e experiência em guerras. Esta batalha se estendeu por mais de 4 milhões de anos. Foi durante essa batalha que os Autobots, inicialmente, notaram que seus corpos poderiam se modificar, se transformar, formar novos objetos para ganhar mais vantagem em uma batalha, como canhões e até mesmo veículos. Os Decepticons fizeram o mesmo. Eis o fator que os diferenciava de qualquer outra raça no Universo: a capacidade de se transformar em veículos, armas, e outros objetos para disfarce ou vantagem armamental.

(Esta história tá meio melada, né? Vou tentar contar menos empolgado... ^_^)

Sem que a Guerra terminasse, todas as reservas de energon (enegia a qual os Cybertronianos se utilizam para aviver), os Autobots e decepticons são forçados a sair de seu planeta natal a procura de novas fontes (aos fãs da série em quadrinhos, calma. Há várias diferenças entre a série de desenhos animados e a série de quadrinhos. Aqui estou dando a versão do desenho aniamdo, o mais divulgado e conhecido por aqui, cedto, manos?). Aproveitando essa chance, os Decepticons aproveitam para desturi a nave Autobot, já que esta carregaria o grupo Autobot mais forte, ainda mais com Optimus Prime (Líder Optimus), o maior lider que os Autobots já tiveram (è meio clichê, mas a história é assim.). Megatron, um dos mais terríveis comandantes Decepticons até então, persegue a nave Autobot e a invade. No meio da briga, a nave perde o controle e cai em um planeta desconhecido, e deixa todos os robôs da nave desativados.

Passando-se 4 milhões de anos, uma erupção num vulcão presumidamente extinto revive os Cybetronianos, começando pelos Decepticons. O programa do computador emite uma pequena sonda, que analisa os veículos e objetos mais encontrados neste novo planta e adapta os robôs a estas novas megatron.gif (10439 bytes)formas para que eles passsem despercebidos (nos quadrinhos, a versão é diferente, depois eu explico) e possam se adptar melhor ao mundo.

O resto é história. Os Autobots se unem a Spike (Buster nos quadrinhos) Witwicky e a seu pai, e também com Chip, um puta CDF que sempre os ajuda. A 2a. Guerra Cybertroniana segue firme até o ano de 2005, quando os Transformers são obrigados a enfrentar Unicron, um planeta robõ devorador de planetas (feio...). Nessa época, os Autobots foram expulsos de Cybertron, e vagam entre a Terra e as duas luas de Cybertron. Com a destruiçao de Unicron, os decepticons também são expulsos de Cybertron, terminando aí a 2a Guerra Cybertroniana. Antes que eu me esqueça, essa história se passa em Transformers: O Filme.

Quando se achava que tudo estava terminado, Galvatron (Megatron modificado) retorna com mais um bando de Decepticons, começando a 3a. Guerra Cybertroniana. São apenas mais 20 e poucos episódios depois do filme.

Bom, esta é a história resumida (D`OH!).Sim, ainda tem muito mais coisa, como o aparecimento de um segundo Unicron, a volta dos Quintessons, o encontro com os Headmasters... é muita coisa, mas acho que já deu para esclarecer alguma coisa. Dê uma olhada nos links se quiser saber mais!

 

CURIOSIDADES CURIOSAS

  • Como qualquer série, Transformers também tem seus fatos interessantes. Aqui vão alguns.

  • Os Transformers não são, como alguns pensam, propriedade americana. São propriedade da empresa japonesa Takara. Mas não se enganem: todos os designs e esboços são americanos, aprovados pelos japoneses.

  • A série de TV estreou no final de 1984 nos EUA sendo, até hoje, a série mais vendida de bonecos nos EUA até hoje (baseadas em apenas uma série)! Logo após vem Star Wars e G.I.Joe.

  • Bonecos originais dos Transformers foram fabricados em apenas 4 lugares do mundo: EUA, Japão, Europa (considera-se, neste caso, a Europa como um todo devido a igualdade e a facilidade de obtenção dos bonecos), e - pasmem - Brasil!!! Sim, os nossos bonecos são procurados pelos colecionadores do mundo todo!

  • A série de TV é totalmente sem pé nem cabeça. Como disse um dos escritores: "Às vezes, o que tínhamos para definir a personalidade de um personagem era uma palavra, devido ao tempo que tínhamos". Eram mais de 20 roteiristas trabalhando a toque de caixa, fazendo o possível e o impossível para terminar o roteiro. Isso não mexia tanto com os escritores e roteiristas de quadrinhos, mas os disparates entre as duas séries vêm pois os escritores mal tinham conhecimento do trabalho do companheiro.

  • Isso sem contar os desenhistas de animação! O desenho dos Transformers é um festival interminável de erros. Decepticons aparecendo com o símbolo dos Autobots, animações péssimas, mesmo para o nível do desenho, erros de continuidade, erros de cor...

  • Aos que pensam que pensam que Transformers acabou com os episódios depois do filme está enganado! Redondamente! Depois do fim da série americana, Transformers rendeu mais quatro séries animadas feitas pelos japoneses (anime): Transformers Headmasters, Transformers Super God Masterforce, Transformers Victory e Transformers Zone (esta última apenas um episódio de 45 minutos.)

  • E ainda tem mais! em 1994, a Marvel Comics lança Transformers: Generation 2, uma série em quadrinhos que durou   apenas 12 volumes, por falta de interesse mesmo. Também, com desenhos horríveis e uma história com a idéia boa, mostrando Autobots violentos e destruidores e Decepticons com pensamentos sobre a vida, mas um tanto complicada.

  • Mais coisa! Vai começar a 3a. temporada da mais nova série dos Transformers: Beast Wars. Esta série não é feita com animação tradicional, e sim com computação gráfica (quem já viu Reboot tem uma idéia). Dizem dessa série, como posso dizer, "é desse jeito que Transformers deveriam ser desde o iníco. Não digo pela animação (que é sensacioanl, mas se você nunca viu, vai estranhar pacas, e até pensar que "Isto não é Transformers"), mas pela história, extremamente bem feita, personagens muito bem construídos. Realmente foda!". Eu particulamente, não gostei e as transformações dos robôs vem do nada e vão para o nada e não se compara à série original, mesmo com todos seus defeitos e furos!!

  • Todos os anos, desde 1994, acontece a Botcon, feira anual dos Transformers, nos EUA. Fãs, escritores das séries, dubladores, colecionadores e muitos outros se encontram para trocar idéias e se divertir (essa parte ficou meio nhéca?)

  • bumblebe.gif (26885 bytes)
    Lembra do Bumble Bee?

    Transformers (ki-ki-kukuku-ki)
    Galeria de Fotos e Links



    Voltar ao Anime-se